Home » Reconversão profissional » 10 aspirações comuns que motivam a mudança de carreira

10 aspirações comuns que motivam a mudança de carreira

A mudança de carreira pode ser motivada por diversos fatores. Contudo, nem sempre é fácil perceber qual deles tem mais peso. Valerá a pena sacrificar a estabilidade atual e as boas condições salariais em prol de uma maior liberdade profissional? Ou deixar a equipa com quem tanto gostamos de trabalhar para perseguir caminhos mais desafiantes e criativos? Afinal, que peso tem cada fator?

Não existe uma resposta correta nem universal. Cada aspiração tem um valor diferente para cada pessoa. Uma coisa é certa: perceber qual é o caminho a seguir e onde reside a “voz da razão” não é uma tarefa fácil.

Neste artigo, vamos falar sobre as aspirações mais comuns que motivam uma mudança de carreira e, se for esse o caso, deixar-lhe algumas pistas para reflexão.

Antes de mais… O que entendemos por aspirações?

A mudança de carreira tem sempre na sua base determinadas aspirações. No seu sentido figurado, uma aspiração é algo que traduz um desejo, uma ambição ou um ideal. No fundo, é aquilo que nos faz refletir e perceber o que gostamos (e o que não gostamos) na nossa atividade profissional.

É por isso que uma aspiração é, na maioria das vezes, o trigger que leva qualquer profissional a refletir sobre a sua condição atual e a ponderar um rumo diferente, mais alinhado com os seus desejos e com as suas ambições.

Para além de serem o motor da mudança, também são as aspirações que fazem com que um profissional se mantenha motivado e feliz no decorrer da sua atividade.

Mudança de carreira: as principais aspirações

A iad Portugal tem sido, ao longo dos últimos anos, responsável pela mudança de carreira de centenas de profissionais em Portugal. Apesar de muitos empreendedores terem já experiência no ramo imobiliário, muitos outros juntaram-se à iad no decorrer da corajosa decisão de mudar de setor de atividade e de fazer uma verdadeira reconversão profissional.

Após conhecermos a história de vida de muitos consultores imobiliários independentes iad, conseguimos perceber que estas são algumas das aspirações mais comuns quando chega o momento de considerar uma mudança de carreira:

Mais oportunidades a longo prazo

Muitos profissionais, na verdade, até estão satisfeitos com a sua atual condição. Contudo, quando colocam em perspetiva todo o seu percurso e fazem uma prospeção da sua evolução futura, chegam à conclusão de que não há grande margem para evolução nem muitas oportunidades realmente interessantes. É por isso que uma das aspirações mais comuns numa mudança de carreira é olhar para o jogo a longo prazo e perceber quais são as reais oportunidades que existem.

Interesse ou paixão por uma determinada área

Ficaria chocado se soubesse a quantidade de profissionais ativos que, na verdade, não gostam do que fazem no seu dia a dia. Muitas vezes, o fator conforto e estabilidade acaba por falar mais alto e fazer com que muitas pessoas aceitem trabalhos com os quais não se identificam, em prol de um salário fixo e de condições favoráveis para a sua família. A verdade é que, muitas vezes, sacrifícios têm de ser feitos face a determinadas responsabilidades. Mas… E se fosse possível aliar a sua paixão a uma carreira aliciante e com um potencial de remuneração ilimitado?

Sentimento de propósito

Esta é, sem dúvida, uma das aspirações mais frequentes que motivam a mudança de carreira. Ter um sentimento de propósito sólido é um fator crucial para que qualquer um se torne melhor profissional mas, acima de tudo, seja uma pessoa mais feliz!

Os empreendedores imobiliários da iad Portugal têm este sentimento de propósito bem presente do decorrer da sua atividade. Ajudar famílias a encontrar um novo lar e a construir o seu sonho é um sentimento único, que faz com que todo o esforço (e, muitas vezes, dores de cabeça) valham a pena para estes profissionais.

Ler mais: Como a Joana encontrou a sua paixão no ramo imobiliário

Incerteza profissional no ramo de atividade atual

O mundo profissional está em constante mudança. Novas oportunidades surgem mas, ao mesmo tempo, outras desaparecem.

O fator incerteza profissional pode ter muito peso na decisão de mudar de carreira.

Basta ver como, no decorrer da pandemia Covid-19, muitas lojas e agências imobiliárias tradicionais tiveram de fechar portas ao público. Isto comprometeu fortemente a atividade profissional de muitas pessoas e colocou em causa a subsistência das suas famílias.

Contudo, os consultores imobiliários da iad Portugal não sentiram o impacto desta situação e foram capazes de prosseguir com a sua atividade com relativa normalidade, graças ao digital e à desmaterialização das agências físicas.

Crescimento pessoal e novos desafios

Muitas vezes, há crescimento efetivo no que toca à progressão dentro de uma empresa (os casos mais comuns são as promoções internas), mas isso pode não se refletir necessariamente num crescimento pessoal.

Este crescimento pode passar, por exemplo, por vencer medos ou por enveredar por caminhos desconhecidos. Tudo o que o tirar da sua zona de conforto – a nível pessoal – vai fazê-lo crescer e evoluir enquanto profissional. E é com base nesta crença que muitas pessoas decidem mudar de carreira.

Melhor enquadramento com o seu perfil

Esta aspiração está diretamente ligada ao autoconhecimento que cada indivíduo tem. Se sabe que é uma pessoa que se destaca pelo seu sentido criativo, um emprego que envolva longas horas de análise e tarefas muito mecânicas estão longe de ser um bom fit para si. Esta é, sem dúvida, uma das principais motivações que leva grande parte dos profissionais a quererem fazer uma mudança de carreira e a encontrar uma atividade que se enquadre melhor no seu perfil.

Ler mais: Ser agente imobiliário: os traços de personalidade mais comuns dos top producers

Melhoria salarial

Naturalmente, a procura de melhores condições salariais é uma aspiração comum que motiva muitas pessoas a considerarem diferentes caminhos profissionais. É verdade que dinheiro não compra felicidade, mas ninguém nega que uma vida financeiramente desafogada facilita muitas coisas e contribui para o bem-estar dos profissionais e das suas famílias. Por isso, não há mal nenhum em ser ambicioso e em assumir que ter um melhor rendimento é um objetivo que motiva a sua mudança de carreira.

A propósito deste ponto, sabia que na iad Portugal o potencial de rendimento é tendencialmente ilimitado? Isto acontece por dois motivos: o primeiro porque o rendimento dos consultores imobiliários da iad provém de 3 fontes distintas (o seu rendimento pessoal, o rendimento da sua equipa e o rendimento proveniente das recomendações de negócio). O segundo, porque a iad é uma empresa assente no marketing multinível, o que significa que a escalabilidade do negócio (e do seu rendimento) é feita de forma muito natural e praticamente inevitável.

Maior liberdade profissional

Já aqui referimos que o tempo é um dos bens mais preciosos de qualquer pessoa. Na base desta premissa está uma grande aspiração que muitos profissionais têm quando pensam em mudar de carreira. Ter liberdade profissional para gerir o seu próprio horário, para ter tempo de ir buscar os seus filhos à escola, levá-los ao parque, ou até para ir àquela aula de spinning a meio da tarde, faz uma grande diferença na qualidade de vida de qualquer pessoa.

A liberdade profissional é, sem dúvida, uma das grandes mais-valias de qualquer empreendedor e, ao contrário do que se possa pensar, está diretamente associada a grandes níveis de produtividade. Assim sendo, é natural que este seja um grande objetivo das pessoas que consideram novos desafios profissionais.

Convergência com os seus objetivos pessoais e o estilo de vida pretendido

Os objetivos pessoais podem variar muito de pessoa para pessoa e, muitas vezes, a mudança de carreira até nem é motivada por nenhuma das aspirações desta lista. Cada caso é um caso.

Se o que pretende é abrandar o seu ritmo de trabalho e ter uma atividade profissional que lhe traga mais tranquilidade para desfrutar de outros aspetos importantes da sua vida, não há mal nenhum nisso.

O mais importante é que consiga perceber o que é verdadeiramente importante para si e de que forma é que mudar de carreira pode ajudá-lo a ser mais feliz e a sentir-se mais realizado.

Ler mais: O que é ser empreendedor e ter de lidar com o fator incerteza