Home » Reconversão profissional » Como abrir um negócio enquanto mantém o seu emprego fixo

Como abrir um negócio enquanto mantém o seu emprego fixo

Saber como abrir um negócio é, já por si, uma resposta difícil de responder para muitos empreendedores. São várias as razões que podem motivar alguém a querer ser dono do seu próprio negócio: ter mais liberdade e flexibilidade para gerir o seu tempo, ter uma melhor remuneração, ter uma missão ou propósito que vão ao encontro dos seus valores pessoais, etc.

Na verdade, hoje em dia, é mais fácil do que nunca abrir um negócio próprio. Para além da quantidade de informação disponível e de entidades dedicadas à promoção do empreendedorismo, o mundo digital abre-nos oportunidades de negócio infinitas.

Contudo, em grande parte das situações, existe uma variável que complexifica a equação: os empregos a tempo inteiro.

Se tem um emprego a tempo inteiro (normalmente das 9h às 18h), é natural que não saiba bem como pode fazer esta transição, criando um negócio próprio enquanto mantém o seu emprego. Afinal, o tempo não estica e a energia é finita. Para além disso, há outras componentes da nossa vida que não devem ser comprometidas, nomeadamente, o tempo para a família, para os amigos e mesmo para nós próprios.

Com isto, será realmente possível abrir um negócio próprio enquanto mantém um emprego a tempo inteiro? A resposta é: sim.

Na iad Portugal – rede de empreendedores imobiliários – já assistimos a esta realidade vezes sem conta. Vários profissionais começaram a sua atividade paralela de mediação imobiliária enquanto mantinham outros empregos fixos, dos quais dependia inicialmente grande parte da sua remuneração.

Hoje em dia, muitos destes empreendedores de sucesso já fazem da mediação imobiliária o seu negócio a tempo inteiro, e têm já equipas formadas que ampliam o seu potencial de remuneração.

Como é que estes profissionais conseguiram? Leia este artigo e descubra as dicas fundamentais para abrir um negócio enquanto mantém o seu emprego atual.

Aposte em estruturas já criadas que possam alavancar o seu negócio mais rapidamente

Não vale a pena reinventar a roda. Se já sabe em que área ou indústria quer empreender, tente saber quais são as estruturas já criadas que possam alavancar o seu negócio mais rapidamente.

No caso do setor imobiliário, a iad Portugal é a empresa de referência que ajuda empreendedores a criarem um negócio próprio, de dimensão internacional. Todos os consultores imobiliários independentes têm à sua disposição ferramentas, recursos e serviços prestados pelas estruturas centrais, para que consigam conduzir e fazer crescer o seu negócio com total confiança. Com uma estrutura MLM, o modelo da iad Portugal já deu provas da sua robustez e do seu sucesso e, por isso, a margem de risco para qualquer empreendedor é altamente reduzida. Os resultados vão depender apenas de dois fatores: do seu esforço e do tamanho da sua ambição.

Ler mais: Porquê ser consultor imobiliário iad? Descubra 5 razões

Garanta que não existem conflitos de interesse

Enquanto mantém o seu emprego fixo, deve ainda garantir que não existem conflitos de interesse e que está livre de quaisquer implicações legais.

Muitas empresas têm regras rígidas que limitam a atividade dos seus colaboradores. E isso, numa fase inicial, pode comprometer o seu negócio próprio.

Releia todas as alíneas do seu contrato de trabalho e garanta que está legalmente protegido e legitimado a avançar com uma atividade paralela. Se necessário, fale com um jurista ou com outro profissional especializado que possa dar-lhe um parecer.

Encontre os parceiros de negócio certos para abrir um negócio

As pessoas são a chave fundamental do sucesso de qualquer projeto. Por esse motivo, é importante encontrar as pessoas certas para o apoiar quando abrir um negócio.

Seja na figura de um mentor, de um manager, ou de um investidor, o importante é que tenha consciência de que, a certa altura, terá de contar com terceiros para fazer crescer o seu negócio.

Aposte em alguém com quem se consiga relacionar e conectar de forma fácil e natural, que partilhe a mesma visão e os mesmos interesses, que o respeite e, acima de tudo, que seja uma mais-valia para o projeto.

Respeite o seu horário de trabalho formal

Existe ainda uma perceção generalizada de que, quanto mais tempo um profissional passa online ou no escritório, mais trabalha.

Contudo, o virtuosismo de responder a e-mails a altas horas da noite já não convence.

Respeite as suas horas de trabalho formais e assegure-se de que é tão produtivo em horário útil quanto possível. Só assim, conseguirá equilibrar a sua balança e ter tempo extra para alocar a outro projeto.

Seja exímio com a gestão do seu tempo

Já refletiu sobre aqueles 10 minutos de atraso diário? Numa semana de trabalho, falamos de 50 minutos de perda de produtividade. Se a isso somar o tempo gasto com as diversas pausas para o café, para o cigarro ou para aquela conversa com o colega do lado, este número aumenta exponencialmente.

Se o seu objetivo é abrir um negócio enquanto mantém o seu emprego a tempo inteiro, isso significa que vai ter de fazer uma excelente gestão do seu tempo.

Para tal, analise a sua rotina e identifique todos os pequenos momentos que podem ser mais bem aproveitados. Tente ainda perceber qual é a tendência do volume de trabalho, e guarde as tarefas mais exigentes para as horas do dia em que é mais produtivo.

Defina objetivos concretos para o seu negócio

Vai ser mais fácil ir monitorizando o seu progresso se, desde o primeiro momento, definir objetivos concretos para o seu negócio.

Use a metodologia de trabalho SMART. Este acrónimo significa que deve definir objetivos de acordo com os seguintes critérios: Specific (específico), Measurable (mensurável), Attainable (atingível), Realistic (realista) e Timely (a tempo).

Na prática, isto quer dizer que deverá traçar objetivo claros e detalhados (specific), que lhe permitam acompanhar a sua evolução (measurable), que sejam alcançáveis (attainable), realistas (Realistic), e que sigam uma ordem cronológica e tenham um deadline definido (timely).

O rigor no trabalho começa aqui.

Respeite as suas horas de descanso e de sono

Pode achar que descansar e dormir mais é uma perda de tempo, dada a quantidade de tarefas que tem em mãos. Afinal, ter um emprego a tempo inteiro enquanto tenta abrir um negócio próprio, não é fácil! Contudo, saiba que o descanso vai ser um dos seus maiores aliados.

Não caia no erro de trabalhar até à exaustão e de entrar em processo de burnout. Permita-se descansar e verá os seus níveis de produtividade aumentarem exponencialmente.

Contrate serviços sempre que for necessário

Abrir um negócio enquanto mantém um emprego a tempo inteiro não é fácil. Por esse motivo, a gestão de energia deve ser muito bem feita. Foque-se apenas no que depende exclusivamente de si e requer o seu conhecimento especializado. Para as tarefas menos específicas, considere contratar profissionais que o apoiem nas várias frentes.

Gasta demasiado tempo com tarefas administrativas? Pode, por exemplo, contratar uma assistente virtual.

Ler mais: Conheça os freelancers que o vão ajudar a gerir o seu negócio imobiliário

Faça mais trabalho remoto

Por fim, se a sua empresa lhe der flexibilidade para tal, peça para trabalhar remotamente, a partir de casa. O tempo que perde todos os dias em deslocações, no final da semana, vai ser tempo perdido que podia ter alocado ao seu projeto.

A pandemia ensinou-nos que é perfeitamente possível ser produtivo em casa (em alguns casos, até mais) e cumprir com todas as obrigações e solicitações. Muitas empresas já estão mais abertas a este novo paradigma, ajudando os seus colaboradores a encontrarem um melhor equilíbrio entre a vida profissional e familiar.

Por isso, não perca a oportunidade de conseguir aquela hora e meia extra por dia para trabalhar no seu próprio negócio.

E se, porventura, considerar abrir um negócio próprio no setor imobiliário, descarregue o nosso eBook e fique a saber como é que a iad Portugal o pode ajudar.

Fazer download do eBook

Fazer download do eBook